PhotobucketPhotobucketPhotobucketPhotobucket DES-ENCANTOS .................... blogo de notas: Agosto 2003

31 de agosto de 2003

K.Junkera (2)

++++++++++++++++

Os sons vindos do mar, da terra, do golfo, da costa biscaína, pela Triky ...daquele qué é seguramente o + importante,influente e prodigioso músico basco.
(Re)descobri-lo é cada vez mais gratificante e inebriante. Continuar a segui-lo pelos caminhos da música de raíz 'folk' basca é obrigatório . O seu profissi-
onalismo e garra encantam. E como está diferente desde há 15 anos...de percursos pela sua música 'basca'.
A trikitixa é Kepa.
Era imperdível, é inesquecível.
(F.Pólvora- Barcarena- 22h de 30Ago03)

30 de agosto de 2003

Silêncio (3)

++++++++
Durante a leitura, amizade é reconduzida à sua pureza primordial...O Ambiente dessa amizade pura é o silêncio mais puro que a palavra.
(M.Proust)
++++++++

Ministério-mistério (2)

++++++++++++++
...para que o filme fique completo é obrigatório passar pela sala do educare, porque vale a pena OUVIR os porta-vozes (afinal os Secrt.de Estado e o DJustino estão mesmo de férias...)...e ler os comentários que lá vão caindo.

++++++++++++++

29 de agosto de 2003

Poema ALEGRE - Poemarma

+++++++++
Visito regularmente um cantinho da Blogosfera que dá pelo nome de 'inês perdida'; tem 18 anos e é um dos 'encantos ' onde vou regularmente.
Hoje transcrevo porque ... é sempre oportuno, interveniente, actual,alegre...:
(...)
Que o poema corra salte pule
que seja pulga e faça cócegas ao burguês
que o poema se vista subversivo de ganga azul
e vá explicar numa parede alguns porquês.

Que o poema se meta nos anúncios das cidades
que seja seta sinalização radar
que o poema cante em todas as idades
(que lindo!) no presente e no futuro o verbo amar.

Que o poema seja microfone e fale
uma noite destas de repente às três e tal
para que a lua estoire e o sono estale
e a gente acorde finalmente em Portugal.

Que o poema seja encontro onde era despedida.
Que participe. Comunique. E destrua
para sempre a distância entre a arte e a vida.
Que salte do papel para a página da rua.

Que seja experimentado muito mais que experimental
que tenha ideias sim mas também pernas.
E até se partir uma não faz mal:
antes de muletas que de asas eternas.

Que o poema assalte esta desordem ordenada
que chegue ao banco e grite: abaixo a pança!
Que faça ginástica militar aplicada
e não vá como vão todos para França.

Que o poema fique. E que ficando se aplique
a não criar barriga a não usar chinelos.
Que o poema seja um novo Infante Henrique
voltado para dentro. E sem castelos.

Que o poema vista de domingo cada dia
e atire foguetes para dentro do quotidiano.
Que o poema vista a prosa de poesia
ao menos uma vez em cada anos.

Que o poema faça um poeta de cada
funcionário já farto de funcionar.
Ah que de novo acorde no lusíada
a saudade do novo o desejo de achar.

Que o poema diga o que é preciso
que chegue disfarçado ao pé de ti
e aponte a terra que tu pisas e eu piso.
E que o poema diga: o longe é aqui.

(M.Alegre)

28 de agosto de 2003

Silêncio vem aí ...Kepa Junkera

+++++++++
Sim é ele Kepa Junkera na fábrica da Pólvora, sábado 22h...Imperdível.
Os sons e a cultura basca; as origens. A trikitixa. a repetir ...sempre.

Silêncio (2)

++++++++++++++

" a neve é silêncio branco..."

++++++++++++++

silêncio...(meninos do 9º)

++++++++++++++++
'O silêncio é a cor das ocorrências da vida: pode ser ligeiro, denso,cinzento, alegre,venerável, aéreo,triste, desesperado, feliz. Colora-se de todas as infinitas tonalidades da nossa vida...se o escutarmos, o silêncio fala-nos e elucida-nos constantemente acerca do estado dos lugares e dos seres, acerca da textura e da qualidade das situações que enfrentamos. É o nosso companheiro íntimo, o âmago permanente do qual tudo se liberta...." - MSmedt
Vamos ouvir o silêncio

Ministério-Mistério...

+++++++++++++++

os mistérios são cada vez mais... porque somos um país adiado e a adiar. sempre.
adiaram-se os 12º em nome de quê...? adiaram-se os 'concursos' para 3Set. em nome de que incompetência?
adia-se o rigor e a competência...em nome da intolerância. porquê 'negociar' ou 'impôr'..sem ser capaz de fazer...bem e a tempo?
um des-encanto permanente Djustino. quem irá 'gerir' os horários de 'n' escolas...que declararam 20/30/40/50...horários...pra 2ª parte.
outro mistério: onde pára o Djustino? ...que nunca aparece.

27 de agosto de 2003

Faltam médicos, sobram bons alunos(in DN)...é o nosso sistema.

É objecto de um editorial do DN de hoje . Está correcto... e objectivo. Azevedo e Silva diz que:
"Milhares de alunos do 12.º ano terminaram as semiférias de Verão e preparam-se para os exames da segunda época, que se iniciam daqui a uma semana. Muitos fazem-no porque não cumpriram as suas obrigações e outros há que por um azar, doença ou qualquer outro imprevisto, não puderam tirar proveito do trabalho empenhado de um ano lectivo.

O recurso à época de Setembro como forma de emendar alguma preguiça ou corrigir um azar é compreensível. Mas, em Portugal, este recurso tem uma perversão: a época de Setembro é obrigatória para alunos brilhantes. Para alunos com médias superiores a dezassete ou mesmo dezoito valores (obtidas sem recurso a estratagemas pouco sérios). É o caso de milhares de estudantes que legitimamente ambicionavam ser médicos, mas que devido a resquícios corporativos, que nenhum dos últimos Governos conseguiu resolver, continuam a ser afastados das faculdades de medicina.(...)

Alunos que sempre deram provas de dedicação e de excelentes capacidades são obrigados a aceitarem um sistema que, em termos relativos, forma hoje menos médicos do que há décadas, porque tem como principal objectivo servir corporativismos instalados e não o País.
É uma vergonha. Faltam médicos e, ano após ano, sem qualquer pudor, alunos brilhantes são impedidos de seguirem a sua vocação. A reforma da função pública bem podia começar pelas faculdades de medicina. "....Mas vão faltar tb físicos, investigadores, biólogos, gente que quer e gosta de trabalhar"
O sistema 'trabalhou-os' e tramou-os...

Sophia M.B.

++++++++++++++++

Companheira de longas caminhadas,
voei hoje sobre alguns poemas de Sophia.

" Naquele Tempo
Sob o caramachão de glicínia lilaz
As abelhas e eu
Tontas de perfume
Lá no alto as abelhas
Doiradas e pequenas
Não se ocupavam de mim
Iam de flor em flor
E cá em baixo eu
Sentada no banco de azulejos
Entre penumbra e luz
Flor e perfume
Tão ávida como as abelhas"
(Abr98)

26 de agosto de 2003

Futebóis

+++++++++

Quando um espectáculo se transforma num 'circo de feras'...!
Por que razão eatavam tantos 'falsos-dragões' -àquela hora..13 h. - à espera dos rapazes da Lázio, no aeroporto da cidade do Porto? Seria por simpatia, apatia, empatia, fobia, claustrofobia, ...ou outra fobia/patologia qualquer?
É o futebol português, meus senhores, ´somos nós, somos mesmo assim...'É a nossa cultura desportiva, é nosso povo, 'são eles os homens do futebol...por detrás disto tudo.' Estão preparando o..(dizem ELES) o euro2004.
Talvez por isso desde há 10 que não entro numa 'arena' destas....ah... Não, entrei na arena de Amesterdão, em visita oficial e...gostei. Para lembrar:era
um autêntico ovni, assente sobre uma auto-estrada. Lindo.
Agora aquele circo de feras, no aerop. Sá Carneiro ...NUNCA. JAMAIS.

.................
"A comitiva da Lazio foi recebida com euforia por parte dos «Super Dragões», com os antigos jogadores do FC Porto, Couto e Conceição, a receberem um carinho por parte da claque portista.

«Benvenuti amici Laziale» («Bem-vindos amigos da Lázio»), podia ler-se numa tarja de cerca de 20 metros de comprimentos trazida pelos membros da claque afecta ao FC Porto." in TSF.
..................



Ry Cooder(2)

++++++++++++
...a partir de agora acompanha-me na versão CD, banda sonora de....Paris-Texas.
Uma companhia soberba.

25 de agosto de 2003

Maio Moço

+++++++++++++

Acabo de revisitar os amigos de longas andanças, em Corroios, viajando pelo que a musica tradicional portuguesa tem de melhor.
Efeitos visuais excelentes. Mesmo por cima, Marte aproxima-se.
Vou guardar esta fotografia a cores.

Regresso à aldeia

++++++++

...regresso serenamente e em silêncio sem saudades de toda aquela azáfama: tanta gente sem saber para onde ir nem onde estar?
Se passar o tempo todo a ouvir os outros, quando é que tenho tempo para me ouvir a mim próprio..?
-Vou começar 'O elogio do silêncio'.
Gosto, sempre gostei de ouvir o silêncio. ELES sabem

21 de agosto de 2003

Sem título

As dunas.
Vegetação única. Um cacto.Um camaleão. Uma tarde morna com sabor a mar.
Um pôr-do-sol sobre a Ria. Também ele único.
Fixei-os levo-os comigo, mais uma vez.

Equador(2)

" Agarro o que passa e quando consigo"

20 de agosto de 2003

FFGomez

...é dele a 'Arte de Desejar' que acabei de ler. Retenho...
...e no que se refere aos desejos, há 2 tipos de religiões, muito claramente diferenciadas: as que recomendam aos seres humanos para desejar e as que os obrigam a reprimir os seus desejos .Cada qual que eleja a sua.
Mas se aspira à serenidade, mão se deve desejar o que não se pode conseguir.. Nem portanto o que não existe.
‘A esperança deve agasalhar sempre os nossos desejos, para que não arrefeçam...’

19 de agosto de 2003

Equador

...A sul, decidi, e afinal estou a ler 'Equador'.dia 100 pag.
Acabei MªJFélix e ' Arte de desejar'.
Ruy Belo está ali.

18 de agosto de 2003

...já estou

Agosto a contragosto. Não gosto.
Aqui onde ...só a Ria ainda é Formosa, onde o rio ainda é Gilão,(lá atrás é Séqua), rios de gente sem foz.
O resto são restos que o futuro também há-de engolir.
Só o mar me cativa. Manta de sonho.

15 de agosto de 2003

tenho de ir...

++++
...estou aqui; aqui há 37 igrejas para ...
Há tb o Gilão, o casario inconfundível; ...e o pó que não se pode acumular.
As 4 aguas, o 'vela 2'...e o '0 Indio' + à frente...
Esta manta de retalhos fica perto da 'manta rota'. Um mar de gente.
Há muitos anos aqui morava o silêncio. Continuem na minha ausência a ouvir...

13 de agosto de 2003

Esquerda

+++++++++++++++

António Barreto (ouvi na TSF, mais uma vez em conversa com o Carlos Vaz Marques) diz que é de esquerda porque gostava que houvesse menos desigualdade de condição entre as pessoas -- e mais desigualdade de mérito. É óbvio, embora utópico.
Dessa esquerda eu também sou. Apaixonadamente.

Jacinto Luís...conheci-o hoje

++++++++
Confesso que não conhecia o pintor JLuís. Conheci-o hoje.
Torres Vedras, Dois Portos onde possui uma extensa quinta,vinha, vinho de 'autor' e produtor(60mil grrfs).
Foi eterno andarilho: Paris, Madrid,tantos outros locais,fez de tudo, é polivalente. Nasceu em Ourém. Andou descalço, comeu pão mal amanhado.
Aportou a Dois Portos, Qtª da Barreira há meia dúzia de anos, com ideais humanistas , sempre pronto a partir para outros projectos. Atrai-o a atmosfera misteriosa de Magritte e gosta de Morandi, Velasquez.... É autodidacta; ouve Maller, StockHausen e tem Amália na alma.O que pinta parece possuir alma. Os efeitos de luz são de génio.
Um encanto esta descoberta.

12 de agosto de 2003

A calma, o retiro...

++++++++++

Aprecio a calma e o retiro em dosagens controladas, desde que dê para escutar o meu pensamento, fugindo àquele barulho do dia-a-dia que não nos deixa ouvir a voz que há em nós. É no silêncio que a velocidade do nosso pensamento flui naturalmente, sem barreiras e ruídos abstraindo-se da azáfama e encontrando a passagem entre corpo e alma.Tenho cada vez feito + este 'exercício.

O Poder da Gratidão...(MªJ.Félix)

+++++++++++++
Memória de mais um dia com encantamentos.
"...a mão que alguém nos dá, encontro com um velho amigo com o qual descobrimos pela 1ª vez as tantas coisas que temos em comum,a possibilidade
de abraçar alguém e sentir a força que daí nos vem,uma conversa estimulante no decorrer da qual alguém nos diz uma qualquer coisa agradável, o facto
de termos amigos, um simples nascer ou pôr-do-sol, um dia bonito" (MªJF)

Leituras...de encanto

+++++++++++++++++
Acontece-me raramente, e por isso tenho de o assinalar. estou a ler (dois são a reler) cinco 'companhias de férias' que vieram comigo e têm sido excelentes. Um chegou ontem: 'Bem estar Interior' de MªJFélix; depois já iam a meio o'Fanny Owen' da Agustina, o 'Eufrates' do RBelo, 'A arte de desejar' de Fern Gomez, e quase , quase no fim 'Solidão II' de ILisboa...
Em Fanny, na boca de Camilo " Os olhos do corpo têm uma lógica, e os da alma têm outra."

10 de agosto de 2003

BLOGS para todas as cores...

DN:Domingo, 10 Ago."O que é um blogue? No fundo, trata-se de um simples diário pessoal, mas com a particularidade de ser acessível ao universo de utilizadores da Internet. Há blogues de todas as cores e para todos os gostos. "Pois é, mas citam sempre os mesmos, dos tubarões da imprensa , da radio da TV...dos partidos...
E dos + pequeninos, que não são do 'lobby'?

post-agradecimento


++++++

Os 'blogs' tb servem para dizer obrigado.
Obrigado pelo"gostei demais de todos", Ana.

9 de agosto de 2003

MORVEN CALLAR...vou lá

Pois é...apanhámos um banho quando fomos ver 'Mischka...lembras-te ?...
Os textos eram semelhantes, eruditos, sugestivos ... captaram-nos, levaram-nos ao Nimas...
Um dia destes vou ver 'Morven Callar'. Senão vejamos esta prosa a abrir o comentário de Jlopes /DN, em que diz
"Que é um belíssimo filme da cineasta escocesa Lynne Ramsay. Parece um momento romântico ou, pelo menos, de uma plenitude sem nome. Em todo o caso, de contagiante serenidade. Para mais, com o detalhe do brilho das luzes natalícias.
Em boa verdade, no interior da narrativa, a imagem não tem nada de linear, muito menos de apaziguador. É a primeira cena do filme e lança a acção sob o signo de um assombramento que não mais abandonará as personagens e os cenários."
Depois falamos...

Encanto chinês...ah, ah...

++++++++++++++++

Estão duas formiguinhas chinesas conversando. Acabaram de se
encontrar numa festa, e não se conhecem; são tão iguais...
Oito 'saquês' depois, eis o diálogo:
-- Como é o teu nome?
-- O meu nome é Fu.
-- Fu o quê?
-- Fu Miga! E o teu?
-- O meu nome é Ota.
-- Ôta o quê?
-- Ôta Fu Miga...

80 anos ...de surrealismo.Um encanto

"Eu não trabalho, nunca trabalhei. Quem faz o que gosta, não trabalha..."- Mário Cesariny,13,14 h in TSF.Lx.

O DESEJO...

Ando a ler ' a arte de desejar' de Fern Gomez...actor espanhol, escritor nas horas vagas. Mas reflectido.
Abre com O. Wilde :
" Se o desejo não é a característica mais elevada da humanidade, ao menos é compatível com ela.
A vida sem desejo para mim não vale a pena ser vivida"

MARIA, MARIA...um des-encanto

Marie Trintignant morreu.
Irónicamente o jornalista escreveu que de paixão.
Não. Morreu de violência, louca e pura. Noir plaisir = desejo negro.
(Maria, Maria... em fundo como em W.S.Story)

PS: O pai de Marie, leu de voz embargada uma das mensagens recebidas após a morte da filha:
«Não chores aquela que perdeste, alegra-te por a teres conhecido.»

8 de agosto de 2003

INCÊNDIOS= caridadezinha...não.

è português, é mesmo assim, está-nos no sangue, nas veias...etc. etc..
mas é triste e lamentável, arrepia ... (não esqueci nunca pra que servia o MNFeminino).
...mas discutir se se compram 3 ou 4 submarinos, 20 ou 25 aviões F16...ou outras 'armas' do género,
cortar 25% no orçamento da 'prevenção'...etc e de repente sentirmo-nos desarmados, impotentes, incapazes...
custa somos mesmo assim. Não é a 'colectazinha' que resolve meus senhores, nada de 'caridadezinhas', tipo TVI's e
parentes próximos.`´E uma questão de estado; é estrutural e fundamental ter logo ao 'pé da porta' uma protecção
civil capaz. Assim cheira a mofo, a cinza.
É duplamentet riste,.

Ruy Belo

...Hoje revisitei Ruy Belo , pela noite dentro, em 'Homem de palavras...', ed.D.Quixote(69?)...
Ao tempo marcou-me a sua angústia (poética)...antes da morte prematura e previsível.

"Nos dúbios dias da destruição do Verão
quando tudo parece ir acabar
regresso então á versificação
e encontro nos papéis o meu segundo mar"

7 de agosto de 2003

G.KLIMT...para uns e outros

Há 'blogs' por onde passo habitualmente, visitas ritual poderia dizer. Não são muitos, meia dúzia...os que estão nos 'favoritos'...
Dos 'meus favoritos, saliento 'uns-e-outros' pela simplicidade, verdade, sensibilidade...e diria 'palavras QB'.
Palavras coloridas a ' preto e branco', com fotografias sentidas. (Os links são sugestivos, diversificados, enriquecedores.)
Ontem o BW foi sustituído pelo 'Beijo ' de Klimt. A vida a cores. Daí este gozo de falar de G.Klimt, e ...de olhar para trás: ele aqui está vigiando os meus
os meus passos, ouvindo as minhas palavras tecladas. ..uma a uma...
Ele o símbolo máximo da 'Belle epoque', o revolucionário, anarca, o anti-academias,o do culto ferveroso da mulher em toda a sua plenitude, da feminilidade, o autor de a 'virgem', das 'amigas'... sei lá..
Ficam ali bem,(ali no blog) aqueles amarelos 'à Klimt'... Ele para quem a vida e as suas manifestações eróticas se resumem sempre a uma luta entre Eros e Tanatos.
(Contemporãneo de Freud...olho-o sempre por esse prisma, por mais que não queira)
Ponto final:prefiro Gustav Klimt...a Matisse, Van Gogh, Bonnard por ex.. Quão diferentes são as suas 'mensagens...para 'Uns-e-outros'!

6 de agosto de 2003

Marylin Monroe...- uma efeméride 'loura'

Começou a ler Tolstoy e Milton, a ouvir discos de Beethoven e a estudar interpretação e literatura na famosa UCLA.Em 1948, conseguiu finalmente um contrato com a Columbia que a fez entrar em vários filmes de baixo orçamento. Mas foram precisos dois anos para que Joseph Mankiewicz reparasse nela e lhe desse um papel em “All About Eve”. Depressa Hollywood se rendeu aos atributos de Marilyn. Nos anos 50.,tornou-se definitivamente a sex-symbol mais desejada do mundo.
Toda a sua vida sofreu uma reviravolta. Casou e divorciou-se. Fez psicanálise, viciou-se em champagne e tranquilizantes. Nunca antes a América havia conhecido uma superestrela como ela. A Imprensa venerava-a, pelos escândalos atrás de escândalos, pelas histórias escabrosas que dela se contavam. E Marylin esteve sempre à altura do seu estatuto. Até na morte prematura,- daí a minha efeméride- que fez dela um ícone tão misterioso quanto James Dean ou Marlene Dietrich.
No dia 5 de Agosto de 1962, morreu, vítima de uma overdose. Os Kennedy aparecem associados à sua morte. Fez tantos filmes, fascinou-me tanto,foi capa de centenas de revistas em todo o mundo e, hoje, 41 anos após a sua morte, continua a ser uma figura mítica que os anais do cinema jamais permitirão que se esqueça

MST...homologado

Não li, nem vou ler o 'Equador'...
De S.Tomé prefiro guardar a memória de 10 dias inesquecíveis em 1973...!A baía de Ana de Chaves, os cheiros, os cacaueiros, as flores, a praia, a floresta luxuriante, a fruta exótica, o crioulo, a humidade inebriante , o calor ...
Tanto tempo...parece que foi ontem
A propósito de 'Trópico' a 'Visão' da semana passada publicou o perfil do MST, que resolvi transcrever e homologar em discurso sereno, coincidente e directo:
" Fiz 53 há semanas. Acho que a última vez em que as coisas querem dizer algo de especial é aos 45 anos. Estou no countdown. A vida são ciclos"... "Acho que sou um homem livre . Uma coisa que lutei toda a minha vida para ser´. Uma herança que devo em linha recta aos meus pais.
Tento ser coerente nisso: ser um homem que faz aquilo que entende estar certo, de que gosta e que é útil. Pode ser bom ou mau, pode estar certo ou errado, mas é aquilo em que acredito." Homologado, Miguel.

2 de agosto de 2003

Ry Cooder...o de Paris-Texas

Foi a minha companhia na noite de ontem ....Estranho?
Não, há momentos, e tantos são eles, em que 'retomo' uma série de slides, guardados, cuidados, gostosos... e desfruto
E, 'aqueles 7 minutos em super8', de Wim Wenders, tendo por fundo o som inconfundível de Cooder...Simplesmente genial, sublimes minutos l! Dá chama! Estremece, !
Encanta...aquela ambiêcia estranhamente familiar e intimista...Cooder sempre presente. Igual só E.Clapton...
Questiono-me muitas vezes: 'Paris-Texas...' porquê?
....tenho muitas respostas.

1 de agosto de 2003

O des-encanto...da Fisica (2)

Porque não devemos pensar só pela nossa cabeça, convém ouvir e 'postar' o que diz o Dr J. Urbano acerca da 'matéria'.
"«Um desastre nacional». É desta forma que José Dias Urbano comenta, «a quente», a notícia dos resultados dos exames nacionais nesta disciplina. Para o presidente da Sociedade Portuguesa de Física, «os números não surpreendem, mas são de facto trágicos». Entre as 18 disciplinas cujas médias nacionais de exame foram reveladas pelo Ministério da Educação, Física é a que piores resultados apresenta e a que maior queda sofreu relativamente às classificações registadas em 2002. Considerando o universo dos alunos internos, na primeira fase a nota caiu de 11,5 para 8,1 valores, na segunda de 9,9 para 7 valores. Foi também em Física que as avaliações dos alunos sofreram maiores alterações: comparadas as notas obtidas ao longo do ano, em avaliação contínua, e as conseguidas nos decisivos 120 minutos de prova, os resultados caíram em média 5,1 valores.

No que toca aos alunos externos, o cenário torna-se ainda mais negro. Na primeira chamada, a média nacional não foi além dos 3,9 valores, enquanto na segunda se ficou pelos 4,7.

«Há um desinteresse crescente pela disciplina, o que não pode deixar de ser entendido como um factor de grande preocupação, uma vez que Física é a base de muitas ciências experimentais». E sem ciências experimentais, explica o professor Dias Urbano, «não há inovação; sem inovação não há progresso». Conclusão: «é urgente adoptar uma estratégia concertada para enfrentar o problema».
Fim de citação.


O des-encanto...da Fisica...ou do ME

A Fisica...porquê?
Vou voltar à questão dos Exames do 12º ano...e dos famigerados 10 dias de adiamento, NUNCA suficientemente e claramente explicados.( Como é que um Ministério não cumpre um calendário, por si ‘pensado’?)
Já quase todos percebemos por que razão esta matéria se tornou ‘tabu’ para ‘a 5 de Outubro’...
O Ministro não fala, os seus serviços centrais não respondem com clareza, ...tudo isto porque as PESSOAS não contam. Ainda por cima permite-se uma ilação incrível: a culpa é dos professores: Não aplicaram os critérios, avaliaram mal as provas, (foi preciso fazer activar um Big-Brother...imagine-se).
Uma vergonha, principalmente quando já se viu, já se percebeu...o que aconteceu! Coloquem-se para isso algumas perguntas de resposta urgente:
- Quem nomeou e quem são os (recém) actuais ‘elaboradores’ de Fisica, no Gave?
- Como é que essa equipa funcionou...qual a articulação com a anterior...?
- Porque razão a provas modelo de 2002/01/00 (e tantas publicações ‘made in MEducação e editoras)...afinal não eram ‘modelo’, e espantaram o mais atento professor de Fisica...- e os alunos evidentemente – perante a prova de 03.? Ter-se-ão esquecido ?
- Porque razão foram feitas actas, bem críticas ao que se sabe, nas reuniões de professores correctores, aquando do início do processo de classificação das provas?
- Professores correctores houve que levaram 1,30 a 2h, a decifrar...a prova . Porquê?
- Porque razão as provas de exame não encaixam nos alunos que temos, que ao longo do ano lectivo
trabalham com currículos bem claros, provas e exercícios ‘normalizados’ por anos de trabalho de tanta tanta gente competente?
- Porquê este silêncio absurdo – comprometedor também..- de um Ministro que se calhar também foi a banhos, e que prolongou ainda mais a ansiedade, angústia por vezes, de um universo bem grande de alunos-pais-familiares ...enfim porquê?
- Porque a culpa é dos professores? Sim se calhar têm culpa, por estarem em 1 de Agosto a fazerem o que parecia impossível... há meses.








MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com