PhotobucketPhotobucketPhotobucketPhotobucket DES-ENCANTOS .................... blogo de notas: Junho 2003

30 de junho de 2003

*************************

...e depois da leitura vespertina deste emaranhado de info-blog (atenção ao ...blogo-no-sapo.pt) ficou-me essa frase indelével, que se transcreve. Parabéns Sara...Do lado de cá ' também pensamos assim...
E assim escreveu Sara na abertura do seu Opusnº 1 - do seu blog:

"A Vida tem destas inevitabilidades. Depois de nos rodearmos de quem conhecemos bem, de quem nos protege, de quem a qualquer momento tem uma palavra a nosso favor, tarde ou cedo vem o tempo em que é preciso soltar amarras, cortar cordões umbilicais, voar...
Guardam-se as palavras escritas em quilómetros de papiro de um grande pergaminho (pergaminho tb é Blog) e arrisca-se. Nesta "carreira a solo..." -Gostei
Bis...Bis....para o lado de lá...dos 'des-Encantos'

...ah e de quem era aquela frase proferida nos Jerónimos? Pois é,... os des-atentos e des-encantados estavam ainda a dormir : do C. Patriarca de Lisboa...

ªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªª

Depois da leitura matinal dos jornais- on line fica a frase
" «como as pessoas, também as instituições precisam de parar para sorrir, adoçando a dureza do peregrinar com uma expressão de bondade e de ternura»
De quem será esta frase?


ªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªª


Aqui fica para que conste o meu mapa astral ; ajuda a idendificação do 'blogista' ; é dito e escrito por quem sabe ...e dele consta que:

"a razão por que és “decidido, dinâmico...”»»»(!) isso é proveniente do teu sol estar na casa I que é uma casa de Fogo (cujo regente é Marte), o que te leva a ter uma energia identitária dinâmica, assertiva, um pouco aventureira, todo virado para a acção. Tu precisas de agir para te sentires vivo. Só que esse mesmo sol está em Touro, um signo de Terra »»» pés bem assentes no chão. Só partes para as coisas depois de as teres estudado muito bem. Aquilo que podia ser uma decisão impulsiva e precipitada, não é. Tu queres fazer (seja aquilo que for que estiver na tua mente), mas primeiro pesas bem os prós e os contras, vês se as coisas têm pernas para andar e, se tiverem, “amandas-te”, como dizem os nossos alunos."
Penso que isto faz mesmo ...algum sentido, penso que não é uma moda que veio para substituir a crise de valores espirituais em que as pessoas estão mergulhadas.
Hoje é 29 de Junho03. Registo o encanto da 'Dama da Noite'...das últimas noites.



28 de junho de 2003

... Se nos conseguir descobrir neste canto de 'encantos'... aqui não há 'ABRUPTOS'...
-Venha aos 'DesEncantos', venha pelo 'rio abaixo', entre na 1ª à esquerda, sempre à esquerda e ...encontra «sanunes33@hotmail.com»...entre ..e ..fique connosco, comigo...e escrevinhemos aí umas coisas; aqui não há biombos...não é Ana?

27 de junho de 2003

desEncantos
....é sentir como o sistema de avaliação vigente – no Secundário principalmente - é traiçoeiro... e rafeiro que morde a quem menos espera, que sobrevaloriza momentos e desvaloriza contentamentos-aprendizagem. Disse a APM – leia-se Assoc. Prof. Matemática... -, e concordo que assim é ...
A 'prova' de Matemática de ontem prova isso mesmo..
Pois é ,Gil, como dizia Gedeão

“Olho imagem por imagem
numa comoção crescente
enchem-se-me os olhos de água
Tanto sonho...Tanta coisa
tanta gente...”
...enganada, acrescento eu.
Calma , Gil...

ººººººººººººººººº



15.50 – Parque dos Poetas- (pela primeira vez) contra os desencantos procurar alguns ‘aparentes encantos’. Tarde de ventos e desalinhos. Projecto pioneiro, audaz, e tb discutível...
Falta-lhe qulquer coisa, se calhar tanta coisa, ..e se calhar até poesia.
Mais poesia nos recantos , mais cantos e encantos cantados...Menos pedras e mais letras...
(Aquelas pedras modelo-menir, cromeleque...’seixoleque’,...vão dar aonde ? descendo assim vão dar a que rio? Outro 'rio', ainda e tb aqui...Deixem-me rir...JPalma!!!)
Dos moradores de agora, fantástico Oneill...
Pessoa tb já lá mora; Sophia e logo a seguir a sublime Forbela,’ irmã na amargura’’ caso humano feito poema’:
(...)
“ agora olhas-me tu altivamente
sem sombra de desejo ou de emoção
enquanto as asas loiras da ilusão
abrem dentro de mim ao sol nascente

Minha’alma a pedra transformou-se em fonte,
como nascida em carinhoso monte
toda ela é riso, e é frescura e graça

Nela refresca a boca um só instante...
Que importa...s e o cansado viandante
Bebe em todas as fontes quando passa”
F.Espanca



Havia vento. Não havia gente afinal...Fecho aporta e regresso com algum desEncanto.

26 de junho de 2003

Das memórias de 1969, encontrei um velho ‘panfleto made in FLL’ (leia-se Fac.L.Lisboa), - escrito clandestinamente numa ‘velhinha ‘Azert’, e lido bem alto, no alto da escadaria, …- um perfeito encanto parafraseando L.Camões (e isto a propósito do atrás dito ‘salazarento); …ele morrera havia dias e então alguêm escreveu assim:

Alma ruim e cruel enfim partiste
Tão tarde…diz o povo descontente
Fica tu no Inferno eternamente
Que nenhum português ficará triste

E se lá no inferno onde caíste
Memória deste mundo se consente
Que nunca te esqueça a lusa gente
A quem tantos martírios infligiste

E se vires que é dado compensar
De alguma forma a dor que nos legaste
Nestes quarenta anos de penar

Pede a Deus em quem sempre acreditaste
Que bem cedo te faça acompanhar
Da corja de bandidos que criaste

25 de junho de 2003

Leon....morreu! Um desencanto...entre tantos

‘Mila18’ é nome de livro, de rua… Foi com Mila 18 que plos ‘sixties’,comecei a percorrer os caminhos do ‘horror nazi’, a ter simpatia pela causa judaica, e acima de tudo a descobrir ‘ a besta alemã nazi’…; com os meus 16/17 anos era ‘um dos que estavam à cabeceira’,num tempo também ele todo cinzento, naquele Portugal bem salazarento, bolorento...e tb fedorento...
O gheto de Varsóvia arrepiava; a violência, as sórdidas ruas levavam-nos ao ‘desencanto’… as violentações, as perseguições sempre e sempre arrepiantes…
Foi ‘Mila18, depois ‘Topázio’, ‘ um Deus em ruínas’…enfim era - foi - Leon Uris.
Morreu há dias, em Baltimore(!)este homem de grandes paixões e encantos, de grandes ilusões que ajudou a vender milhões…mas que acima de tudo me (nos) levou por esses caminhos…do ‘humanismo’ ‘dos alertas’, ‘da reflexão’….
Levou-me à busca de informação, de respostas…Levou-me a Varsóvia,Gdansk, a Amesterdão… a Anne Frank ‘house – casa mítica da nossa memória colectiva…
Ficou a leveza, a simplicidade e frontalidade de Leon Uris, de quem fui fã e seguidor atento.
Foi bom conhecê-lo…assim.

desEncantos
Dos cantos aos encantos dos encantos aos desencantos...

Tuesday, June 24, 2003
HOJE é um desEncanto...Aquela casa que devia ser da Música, e como o PJS dizia, nacional. (O que for Nacional é sempre bom).
Mas afinal há sempre um rio que, subindo-o está cheio de... descubram
"A nova telenovela que tem por palco a casa da música vem pela centésima vez pôr à vista um conjunto de coisas muito preocupantes: o ministério da cultura neste momento não existe ; não é conhecida qualquer linha estruturante da política cultural do governo; a cultura voltou, na prática, aos tempos do intolerável estatuto de flor na lapela, politicamente insignificante, bem discreta e sossegadinha lá no seu canto.
De uma política rosa passou-se a uma roseta , pálida, acéfala, ...que nem de música gosta... Lamentável e desencantante...
No meio disto tudo, a verdade é que parece que ninguém se entende, como bem se vê pelo incrível circo montado à volta das declarações, inteiramente legítimas, de Pedro Burmester.
Ele foi um 'gentelman', ele foi directo, foi direito. Afinal incomodou e de que maneira. Os pedidos de demissão eram mesmo a sério, afinal... É mesmo verdade que meio mundo e o outro, achou que era absolutamente indispensável emitir opinião sobre o assunto...e fez bem, ali mesmo junto ao'rio' ...sempre os rios...e em noite de S.João. No meio disto tudo Pedro Roseta, literalmente o último (e o único que verdadeiramente já o devia ter feito...falar e ser isento) vai tomar posição. Em todo o caso, será um teste importante para quem, quinze meses depois, continua a ser uma ilustre incógnita política. Tão incógnito que ninguém percebeu ainda se, ele está para ser, se para ficar, se para descer..
Desce 'rio' entra na foz... que outros já lá se afundaram.
SN

+++++++
Venha aos 'DesEncantos', venha pelo 'rio abaixo', entre na 1ª à esquerda, sempre à esquerda e ...encontra «sanunes33@hotmail.com»...entre ..e ..fique connosco, comigo...

// posted by sanunes @ 2:31 AM
Monday, June 23, 2003
Uma citação que é uma delícia...com imagem, a preto e branco, um encanto:

RARA EST... CONCORDIA FORMAE ATQUE PUDICITIAE
(Raro é encontrar a beleza com a castidade)


// posted by sanunes @ 11:02 AM
os encantos de hoje:
9h...a sintese do concerto do B.Adams, com a geração dos '15': foram 17...'connosco',
e ainda hoje ñ tem voz. Foram ao céu com a voz arrebatadora e os solos das 2 guitarras
Choraram de prazer e...tiveram pena de ñ estarmos todos juntos.
Com um Prof. ali tinha sido 'diferente'

1030h... oprazer
o encanto de ler Sophia...sempre:



Aqui nesta praia onde
Não há nenhum vestígio de impureza,
Aqui onde há somente
Ondas tombando ininterruptamente,
Puro espaço e lúcida unidade,
Aqui o tempo apaixonadamente
Encontra a própria liberdade.


de Sophia MBA

ºººººººº

8.10 h... o desEncanto nos olhos da Sara e do Tiago,
quando os dias ñ nos sorriem pela manhã...
a frustração estava ali em percentagem...
Uma História...com lagrimas
ao canto do olho









// posted by sanunes @ 3:41 AM
Sunday, June 22, 2003
São desencantos
quando rio acima
o olhar mergulha nas margens,
por entre uma multidão de passos e sombras ...
e finalmente se ouve - ainda Vangelis -
' I hear you now...'
nos recantos da tua ausência.
É a noite...só a noite.

+++++++++++++

...e o encanto de Sophia

"Sob o caramachão de glicínia lilaz
As abelhas e eu
Tontas de perfume

Lá no alto as abelhas
Doiradas e pequenas
Não se ocupavam de mim
Iam de flor em flor
E cá em baixo eu
Sentada no banco de azulejos
Entre penumbra e luz
Flor e perfume
Tão ávida como as abelhas




// posted by sanunes @ 3:59 PM
Encantos são estes sons de Vangelis,
azuis e lilazes,
correndo ao longo desta noite
e deste rio,
hino que ecoa
e desaparece na foz do teu olhar



// posted by sanunes @ 3:37 PM
...Foi exactamente para isso que aqui estamos.
Os encantos, os desencantos, os afectos e des-afectos...
Os encantos estão primeiro... e porque não os desencantos .
Deixo-vos os últimos :(1) um ninho de pintassilgos, com ...5 , na janela do meu quarto... aquela azáfama, os cantos
os encantos, a ... despedida há dias, sem lágrimas.
Ficou a ´memória' de tal intimidade conjugal...sim. Fantásticos!
Depois : (2) ..a minha borboleta mansageira, que por ali anda, e que ali deixou a sua fotograaafia...Linda de arrepiar.
(3) o som intimista de algumas canções do B.Adams no Atlântico, ...Profissional até dizer 'Good'...
(4)a noite serena e amena, de lua e rio espraiando-se mesmo ali...lembras-te Ana.
(5)...que desencanto aquele som ' horríbilis' do Atlântico....e depois que desencanto o 'subway'...closed...
(6) ' Maio- maduro...' é nome de album ...um encanto

// posted by sanunes @ 12:16 PM


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com