PhotobucketPhotobucketPhotobucketPhotobucket DES-ENCANTOS .................... blogo de notas: fogo mágico

18 de dezembro de 2010

fogo mágico

Em noite fria de (quase) inverno fica este momento único da minha lareira: meia noite e meia, o sabor-aroma de um cacau bem quente, o silêncio profundo da rua e o calor cá dentro e 'por dentro' que aquecem e adormecem.

5 Comentários:

Blogger Lis disse...

Ah como gostaria de precisar um dia de uma lareira !! rs
parece que tudo fica mais romântico .
Aqui ,mesmo no inverno, o sol nao dá trégua ! diminue de intensidade mas nem pensar em lareira, no mínimo algo mais quentinho , algumas mantas que saem dos armários .
Em país tropical é assim , sol o ano inteiro, as chuvas quando vem são de enxurradas, faz descer morros , falésias são derrubadas, cidades alagadas, infelismente.
Gosto do outono, tudo fica ameno .
Mas gosto do meu país com essa diversidade de gentes e de situações.
Bom inverno Victor bons cacaus quentinhos , que os corações sejam aquecidos e que o Natal chegue lindo e feliz,
deixo abraços

9:38 da tarde  
Blogger Folhetim Cultural disse...

Parabéns pelo blog e pelos textos... Tenho um blog chamado Folhetim Cultural gostaria que visita-se este é o endereço: informativofolhetimcultural.blogspot.com
Vamos trocar conhecimentos...
Ass: Magno Oliveira
Folhetim Cultural

2:10 da tarde  
Blogger Méon, disse...

Que o cacau aqueça todo o ano!

Abraço afectuoso!

12:05 da manhã  
OpenID nacasadorau disse...

Belo!

Feliz Natal!

Este Natal …

Um tempo,
Um espaço,
O abraço.
É o Natal de sempre
Igual a outros Natais de outros tempos,
Igual a si mesmo na manifestação,
Na celebração,
No acontecimento.
Todo o enfoque que lhe damos,
Tudo que o envolve amarra e ata
São proveito e proventos
De manifestações acordadas,
Temperadas e outorgadas
Pelos tempos instalados,
Presentes no desassossego
Das nossas vontades,
Ausentes na luz da madrugada
E na lonjura do brilho da safira.
O Natal será sempre
Um Tempo,
Um Espaço,
Uma época,
De sementeira de amor,
De enxugar a dor
No grito gritado,
No dardo lançado,
Na meta traçada,
Na mão amarrada
Ao cais da esperança.
O Natal deste tempo
Será sempre e quando
O Homem estiver disponível
Na leira do seu coração.

Natal de 2010
Maria José areal

Beijinhos

12:12 da manhã  
Blogger a.castro disse...

Agradecia que pusesses na tua lista de blogos o meu blog Malaposta.
Um abraço.

3:34 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com